Iniciativa pioneira do Movimento Greenk e do Principado de Mônaco instalou 15 pontos de coleta de e-lixo na cidade de São Paulo

Desde o final do mês de junho, a cidade de São Paulo ganhou um presente do Movimento Greenk e do Principado de Mônaco: 15 pontos de coleta de lixo eletrônico localizados nos principais parques da cidade e em prédios públicos.

A iniciativa conta ainda com o apoio da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, da Sinctronics e da Green Eletron.

Total de e-lixo arrecadado
2.738 Kg
Deixado de ser emitido
935 kg
CO2
Energia economizada
9.403
KW/h
Veja onde é possível descartar o seu lixo eletrônico em São Paulo:

O que pode ser descartado?

Os coletores de lixo eletrônico foram desenhados para receber as categorias verde e marrom.

Alguns itens, por sua característica, possuem pontos de coleta específicos disponibilizados pela indústria e não podem ser podem ser descartados nos pontos de descarte do Movimento Greenk

  • Pilhas e baterias avulsas
  • Lâmpadas
  • Eletrodomésticos

O que acontece com o lixo eletrônico descartado nos pontos de descarte?

Veja no vídeo a seguir o que acontece com o lixo eletrônico que é descartado nos pontos de descarte Greenk:

Por que o Principado de Mônaco nos ajudou a doar este presente para a cidade de São Paulo?

Por ter apenas 2Km², o Principado de Mônaco pode ser considerado um laboratório vivo para iniciativas sustentáveis. O governo, empresas, instituições e até a própria população estão engajados em prol de um futuro melhor para o planeta.

Mônaco se envolve em muitos projetos, tanto no principado como em outras partes do mundo. Destacam-se, entre eles, os incentivos para utilização de veículos mais sustentáveis, valorização da gastronomia orgânica, utilização de energias limpas, proteção dos oceanos, e etc.

Em 2018 ,o Escritório de Turismo de Mônaco lançou uma estratégia mundial chamada “Green is the New Glam”, visando promover o turismo responsável e iniciativas sustentáveis no país e no mundo.

Confira algumas matérias da cobertura de imprensa: