Medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão feitas a partir de materiais eletrônicos descartados

Organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Japão estão convocando os cidadãos japoneses a doar seus Smartphones antigos ou quebrados para reciclagem no objetivo de  elaborar as medalhas dos jogos de 2020.

O comitê de organização já anunciou estar em parceria com grandes entidades ambientais e midiáticas para iniciar em abril a volumosa coleta de 8 toneladas de metal extraídas de equipamentos eletrônicos obsoletos.

Serão distribuídas 2400 caixas de coleta nas lojas de parceiros da ação, e também um número indeterminado de escritórios em todo o Japão. Estima-se que milhões de aparelhos serão necessários para alcançar a meta que, após o processo de elaboração das medalhas, será reduzida a 2 toneladas. Volume suficiente para confeccionar 5000 medalhas. Assim que a meta for atingida, as coletas dos materiais serão encerradas.

Vale lembrar que medalhas construídas a partir de material reutilizado já foram feitas em Jogos Olímpicos anteriores. Mas Tóquio em 2020 será o primeiro a coletar os metais de equipamentos eletrônicos descartados. O comitê pretende que todas as medalhas de ouro sejam elaboradas com 100% de metal reciclado.

Confira o vídeo que fizemos sobre esse tema! https://www.youtube.com/watch?v=mh9QdheAXOQ


Você deve estar logado para publicar um comentário.