Brasileira Entre os 10 Melhores Professores do Mundo!

Temos uma brasileira no ranking dos 10 melhores professores do mundo, que vai concorrer ao Global Teacher Prize, considerado uma espécie de “Nobel da Educação”. O vencedor, que leva o prêmio de US$ 1 milhão, será anunciado neste domingo, 24 de março em Dubai, nos Emirados Árabes, durante o Global Education and Skills Forum (GESF). Débora Garofalo, é uma professora de tecnologias da EMEF Ary Parreiras – área carente de São Paulo, cercada por quatro favelas que são conhecidas por violência e tragédias. Débora é formada em Letras, mas sua paixão por tecnologia e sustentabilidade fez com que criasse o projeto “Robótica com sucata promovendo a sustentabilidade”, que já removeu mais de 1 tonelada de lixo das ruas! Seu trabalho foi notado, ganhou espaço e fez com que ela ficasse na concorridíssima lista de melhores professores do mundo!

Débora também é a primeira sul-americana entre os 10 melhores professores do mundo, o que faz da sua conquista um marco histórico para a América Latina, e claro, para o Brasil! O trabalho de Débora foi selecionado entre mais de 10 mil candidatos de 179 países! A lista dos 50 melhores professores do mundo, já foi divulgada em dezembro, e tinha representantes de 39 países. Já o top 10 de melhores educadores, divulgada nesta quarta, 21, conta com representantes de apenas 10 países, que são: Reino Unido, Holanda, Japão, Argentina, Estados Unidos, Quênia, Índia, Geórgia, Austrália e Brasil. Confira a seguir a lista:

  • Vladimer Apkhazava, professor de Educação Moral e Cívica da Escola Pública Chibati, Tbilisi, Geórgia;
  • Daisy Mertens, professora polivalente da escola comunitária De Vuurvogel, Helmond, Holanda;
  • Andrew Moffat MBE, professor de Educação para Saúde Pessoal e Social (PSHE) da escola comunitária Parkfield Community School, Birmingham, West Midlands, Reino Unido;
  • Swaroop Rawal, professor de Competências para a Vida, na escola de ensino fundamental Lavad Primary School, Gujarat, Índia;
  • Melissa Salguero, professora de Música na escola de ensino fundamental P.S.48 Joseph R Drake, no Bronx, Nova York, Estados Unidos;
  • Martin Salvetti, Chefe de Estudos Automotivos e Formação Profissional para Adultos, na EEST N°5 “2 de Abril” Temperley, Temperley, Buenos Aires, Argentina;
  • Yasodai Selvakumaran, professor de história, sociedade e cultura na escola de ensino médio Rooty Hill High School, Nova Gales do Sul, Austrália;
  • Hidekazu Shoto, professor de língua inglesa e de tecnologia da informação e comunicação na escola de ensino fundamental Ritsumeikan Primary School, Quioto, Japão;
  • Peter Tabichi, professor de matemática e física na escola de ensino fundamental Keriko Secondary School, Pwani Village, Nakuru, Quênia.

#GoGreenk #MovimentoGreenk #Robotica #Sustentabilidade #Tecnologia #LixoEletronico

Você deve estar logado para publicar um comentário.