Brasil conquista ouro inédito em Olimpíada Feminina de Matemática

Essa semana é a Semana da Educação. E para comemorar, vamos homenagear as alunas que conquistaram o ouro inédito para o Brasil na Olimpíada Feminina de Matemática.

Neste mês de abril, aconteceu a Olimpíada Europeia Feminina de Matemática (EGMO, sigla em inglês), realizada em Kiev, Ucrânia, de 7 a 13. A delegação brasileira, composta por Ana Beatriz Studart,17, do Ceará, Bruna Nakamura, 16, de São Paulo, Maria Clara Werneck, 17, do Rio de Janeiro e Mariana Groff, 17, do Rio Grande do Sul, trouxe uma premiação inédita: um ouro e dois bronzes, responsável por colocar o Brasil em 20º lugar, entre 49 países.

Em competições abrangentes, como a Obmep (Olimpíada Brasileira de Matemática de Escolas Públicas), a presença de meninos e meninas é equilibrada, porém em competições mais disputadas, como a Olimpíada Brasileira de Matemática ou a Olimpíada Internacional de Matemática, a presença de mulheres é bem menor, cerca de 10%. Ainda não foi feito um estudo técnico para explicar essa diferença, mas podemos levantar alguns possíveis fatores, como o fato das mulheres serem pouco incentivadas pela família e professores, machismo e barreiras culturais que perpetuam o pensamento de que “matemática não é coisa de mulher”.

Olimpíadas femininas, como a EGMO, ajudam a combater esses preconceitos, proporcionando às meninas incentivos adicionais e a oportunidade de se tornarem modelos inspiradores para muitas outras. Um exemplo é a nossa medalhista de ouro, Mariana Groff, premiada três vezes na EGMO.

Na mesma linha, o IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada) está lançando a Olimpíada Brasileira Feminina de Matemática, intitulada Torneio Meninas na Matemática (TM²). Uma iniciativa de um grupo de medalhistas olímpicas liderado pela cearense Ana Karoline Borges, estudante do Instituto Militar de Engenharia (RJ). O TM² será realizado pela primeira vez no segundo semestre de 2019 e passará a integrar o processo seletivo para a própria EGMO.

Parabéns às nossas meninas craques da Matemática!

Você deve estar logado para publicar um comentário.