Greenk Redação
7 de agosto de 2017 - 9h45

A startup americana Ionic Materials desenvolve uma tecnologia que pode tornar as baterias alcalinas em estado sólido, uma alternativa viável ao armazenamento de baterias de íons de lítio, segundo matéria interessante do New York Times de hoje.

 

 

As pilhas alcalinas podem ser feitas de forma mais barata e segura do que as baterias de íons de lítio, mas não são recarregáveis. Essa questão, juntamente com o poder das baterias de íon de lítio, fez com que as baterias alcalinas não fossem usadas em computadores pessoais, smartphones ou veículos elétricos.

 

 

Mike Zimmerman, fundador e diretor executivo da Ionic Materials, em seu laboratório em Woburn, Mass. Ele afirma que a empresa desenvolveu uma bateria alcalina, que é mais segura e menos dispendiosa do que as baterias de íons de lítio / Crédito: Tony Luong para The New York Times

 

 

Ionic poderá mudar essa equação com uma bateria alcalina que promete ser recarregada várias vezes. Um benefício adicional do avanço da empresa: uma bateria alcalina não é propensa às questões de combustão como as baterias de íon de lítio em uma variedade de produtos, principalmente em alguns smartphones Samsung.

 

 

As baterias mais baratas e mais poderosas também são consideradas por muitos como o incentivo necessário para reduzir o custo das tecnologias de energias renováveis, como a energia eólica e a solar, competindo com o poder do carvão, gás e energia nuclear.

 

 

Fonte: Mundo Digital 

Compartilhe

  • Temas

  • games
  • sustentabilidade
  • economia circular
  • e-lixo
  • esl
  • e-sport
  • drones
  • drone zone
  • cosplay
  • cosplaybr
  • mirante lab
  • arena do conhecimento
  • editora abril
  • palestra
  • influenciadores
  • youtube
  • greenktechshow
  • bienaldoibirapuera
  • musica
  • video
  • hit
  • desafio
  • beyou
  • terror
  • Cineclick
  • O Iluminado
  • A Autópsia
  • Os Outros
  • Silent Hill

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”