Greenk Redação
2 de maio de 2017 - 12h10

Como parte da caravana de empresas brasileiras aqui em Austin, a Flux Game Studio trouxe para o SXSW a demo de seu game GUTS (Gory Ultimate Tournament Show).

 

 

 

 

Segundo Paulo Luís Santos, CEO da Flux, a ideia era a de reinventar o segmento, carente de grandes novidades há duas décadas. “Jogos de luta não mudaram muito desde os clássicos e novos jogos tendem a repeti-los. A gente buscou um jogo novo, tanto para os amantes do segmento quanto para pessoas que não são assim tão fãs de videogame.”

 

 

Em GUTS, não há tempo de limite, não há barra de vida. É possível passar muito tempo ali, só batendo no seu coleguinha virtualmente enquanto o sangue dos personagens se espalha pela tela. Como a empresa define o jogo, GUTS é um jogo de luta único, ultraviolento e tarantinesco em que os jogadores devem desmembrar seus oponentes cortando braços e pernas fora. Mesmo que já tenham algum membro cortado, a porradaria continua até que um dos lutadores vença a hilária e surpreendente luta. Se pudéssemos definir o estilo dele, ele é divertido como Street Fighter, sangrento como Mortal Kombat e só na base da pancadaria, como Tekken.

 

 

Nossa turma testou o game. A cara de diversão anuncia que vem algo bem legal por aí. A Flux promete o jogo em breve para PS4 e Xbox One.

 

 

 

Fonte: B9

Compartilhe

  • Temas

  • games
  • sustentabilidade
  • economia circular
  • e-lixo
  • esl
  • e-sport
  • drones
  • drone zone
  • cosplay
  • cosplaybr
  • mirante lab
  • arena do conhecimento
  • editora abril
  • palestra
  • influenciadores
  • youtube
  • greenktechshow
  • bienaldoibirapuera
  • musica
  • video
  • hit
  • desafio
  • beyou
  • terror
  • Cineclick
  • O Iluminado
  • A Autópsia
  • Os Outros
  • Silent Hill

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”