Pop

Ki-Suco volta ao mercado apostando na nostalgia dos 1990

Saudosa época que os lanches da tarde eram regados a uma boa jarra de Ki-Suco, em meados dos anos 90 um pózinho milagroso que rendia 2 litros, custava cerca de 10 centavos, e era gostoso.

O clássico produto da infância de muitos brasileiros nos anos 80 e 90 volta ao mercado com nova fórmula, agora com suco da fruta. A campanha, assinada pela Africa, será veiculada em todo o país buscando restabelecer a conexão emocional e funcional do produto com os consumidores, reforçando a nova fórmula e criando um ambiente nostálgico às crianças da época, agora adultas responsáveis pela decisão de compra.

Para marcar o retorno, a marca investiu um grande hit, lançado pela banda que têm sido fundo para infinitos memes nos últimos anos. A música “Brincadeira de Criança” ganhou uma versão especial e se transformou em um clipe divertido, protagonizado por frutinhas animadas dos seis sabores de Ki-Suco: laranja, limão, maracujá, morango, uva e abacaxi.

Além dos filmes para TV e uma estratégia com desdobramentos digitais, a marca também uniu-se ao maior YouTuber brasileiro, Whinderson Nunes, que produziu um conteúdo em seu canal com o tema “Crianças de antigamente e crianças de hoje”. Nele, o humorista compara as duas gerações e aproveita para falar da volta do produto.

É um tanto incoerente que o clipe tenha um apelo tão infantil se a ideia é atingir as pessoas que consumiam o suco em pó nas décadas de 80 e 90. Aposto que todos gostríamos de ver um vídeo do Andrezããão vendendo o produto, por exemplo, mas de alguma forma a estratégia de divulgação mostra um cuidado da marca em valorizar o que de mais bacana tem o produto: a lembrança gostosa da juventude.

Fonte: B9

Posts Relacionados
Canais de comédia são os preferidos dos brasileiros no YouTube
Netflix anuncia a data do especial com Jerry Seinfeld
Musical.ly faz sucesso entre os jovens e alcança 7,5 milhões de brasileiros

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”