Tecnologia

Dubai inicia testes de drone autônomo para futuro serviço de táxi

Dubai quer ser a primeira do mundo a oferecer um serviço de táxis voadores e ao que tudo indica o plano ambicioso da cidade dos Emirados Árabes Unidos está dentro do prazo.

Nesta segunda-feira (25), a empresa de drones alemã Volocopter exibiu o seu primeiro teste de voo em uma cerimônia organizada para o príncipe de Dubai, Sheikh Hamdan bin Mohammed. As informações são da agência Reuters.

Com espaço para dois lugares e 18 hélices, o veículo levanta e pousa verticalmente e foi desenvolvido para funcionar de forma autônoma.

O primeiro voo de teste não foi tripulado e durou cerca de cinco minutos. Entretanto, a companhia espera que o veículo, eventualmente, tenha autonomia para oferecer voos de até 30 minutos. Sistemas de segurança, incluindo aí baterias reservas, rotores e até mesmo um par de paraquedas também equipam o veículo.

ideia é que, quando finalizado, o drone-táxi possa ser solicitado por um aplicativo de celular, da mesma forma que usuários recorrem a aplicativos de transporte individual como o Uber.

Segundo a Volocopter, o atual modelo é capaz de voar baseado em rotas do GPS, mas a empresa planeja implementar capacidades como visão computacional e inteligência artificial para que o veículo, no futuro, consiga evitar obstáculos e, claro, outros táxis voadores no caminho. A expectativa é que os táxis da empresa alemã operem em Dubai comercialmente nos próximos cinco anos.

Fonte: IDGNow

Posts Relacionados
Os 5 melhores jogos de 2017 até agora
Palestra Alexandre Mutran – Greenk Tech Show 2017
Space X revela planos para estabelecer internet no espaço até 2024

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”