Greenk Redação
2 de maio de 2017 - 11h06

 

 

A Bandai Namco divulgou nesta terça-feira (2) o primeiro trailer de gameplay de Code Vein, novo jogo desenvolvido pelos criadores de God Eater. Como o primeiro teaserindicava, ele terá algumas semelhanças claras com Dark Souls

 

 

 

 

Code Vein se passa num futuro próximo onde o mundo caiu em ruína. Os jogadores são “Revenants”, vampiros que têm habilidades sobrenaturais e que encaram essa nova realidade trabalhando com aliados. Eles vivem numa sociedade isolada chamada “Vein” e são seres que transcenderam a humanidade, mas com um custo. Eles perderam suas memórias e se ficarem com pouco sangue se transformam num monstro chmaado “Lost”.

 

 

O gameplay de Code Vein – que é um RPG – envolve exploração de dungeons, algo que pode ser feito em cooperativo com um parceiro através de um sistema chamado “Buddy”, e o combate foca em armas de curta distância, como espadas, martelos e lanças. O jogador enfrentará os monstros e sugará seu sangue para continuar sobrevivendo. O lançamento será em 2018.

 

Fonte: Omelete

Compartilhe

  • Temas

  • games
  • sustentabilidade
  • economia circular
  • e-lixo
  • esl
  • e-sport
  • drones
  • drone zone
  • cosplay
  • cosplaybr
  • mirante lab
  • arena do conhecimento
  • editora abril
  • palestra
  • influenciadores
  • youtube
  • greenktechshow
  • bienaldoibirapuera
  • musica
  • video
  • hit
  • desafio
  • beyou
  • terror
  • Cineclick
  • O Iluminado
  • A Autópsia
  • Os Outros
  • Silent Hill

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”