Greenk Redação
4 de maio de 2017 - 14h37

 

 

China é um tanto quanto restritiva quando o assunto é considerar a adoção de alguns recursos e tecnologias estrangeiras, mas vira e mexe acaba permitindo que algumas delas se tornem acessíveis aos habitantes do país – ainda que com algumas ressalvas. Um desses exemplos é a Wikipédia, e por conta disso o país está trabalhando em uma enciclopédia online que vai funcionar como uma alternativa ao site mencionado.

 
De acordo com informações publicadas pelo South China Morning Post, a enciclopédia online nacional (conhecida como Chinese Encyclopedia) vai contar com 300 mil entradas, sendo que cada uma delas vai apresentar aproximadamente mil palavras. A ideia é publicá-la no próximo ano e fazer com que ela tenha o mesmo tamanho da versão chinesa do Wikipédia.

 
“A Chinese Encyclopedia não é um livro, mas uma muralha da cultura”, explicou Yang Muzhi, editor do projeto. Além disso, ele também revelou que mais de 20 mil autores de universidades e instituições de pesquisa estão trabalhando para compilar a enciclopédia online e fazer dela um livro digital sobre todos os assuntos.

 
Vale lembrar que, na China, o conteúdo da Wikipédia não está totalmente completo. Entradas que tratam de personalidades políticas como Dalai Lama ou o presidente Xi Jinping, que são considerados assuntos mais sensíveis, estão bloqueados por lá.

 

 

Fonte: Tec Mundo

Compartilhe

  • Temas

  • games
  • sustentabilidade
  • economia circular
  • e-lixo
  • esl
  • e-sport
  • drones
  • drone zone
  • cosplay
  • cosplaybr
  • mirante lab
  • arena do conhecimento
  • editora abril
  • palestra
  • influenciadores
  • youtube
  • greenktechshow
  • bienaldoibirapuera
  • musica
  • video
  • hit
  • desafio
  • beyou
  • terror
  • Cineclick
  • O Iluminado
  • A Autópsia
  • Os Outros
  • Silent Hill

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”