Tecnologia

Chat é o canal mais eficiente na comunicação entre marcas e consumidores

Segundo a pesquisa “O Retrato dos serviços ao cliente no Brasil”, feita pelo CIP – Centro de Inteligência Padrão em parceria com a OnYou (auditoria de experiência do cliente), o melhor canal de comunicação entre empresas e clientes é o chat.

Esse foi o canal que mais cresceu nos últimos 5 anos, 34%. Ao mesmo tempo, a qualidade do atendimento também melhorou muito, com a taxa de espera diminuindo até 87%, mostrando que as empresas sentiram o aumento da procura por essa comunicação e entenderam a importância de realizar um bom atendimento.

O uso desse meio para atender os consumidores aumentou de 1% para 6,9% entre as empresas.

Os canais tradicionais, como telefone, email e Fale Conosco ainda são presenças massivas entre quase todas empresas, mas a maioria tem investido também nos chats, seja pelo modelo que aparece em sites e canais de atendimento, ou em meios como Whatsapp, Messenger ou SMS.

O número de atendimentos feitos via WhatsApp está 7 vezes maior.

Apesar da presença maciça dos canais tradicionais, as empresas estão investindo cada vez mais em métodos alternativos para atender o consumidor brasileiro, como as redes sociais, os próprios chats, SMS e WhatsApp.

O pior canal de comunicação avaliado é o atendimento via telefone. Já em email e Fale Conosco, o número de usuários que ficam sem nenhuma resposta nesses canais é de quase 32%.

Fonte: B9

Posts Relacionados
Dragon Ball FighterZ | Piccolo e Kuririn são confirmados como personagens jogáveis
Teste: qual é a sua profissão do futuro?
Conheça o instrumento musical que é tocado com seu pensamento

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”