CINECLICK
4 de maio de 2017 - 7h00

 

 

1 – Todos os filmes de Star Wars até Star Wars: O Despertar Da Força foram lançados próximos ao aniversário de George Lucas, que acontece em 14 de maio. Até por isso o 4 de maio é uma data tão marcante para os fãs da saga, não só pela sonoridade de May the fourth be with you soar como May the Force be with you, a frase clássica “Que a Força esteja com você”.

 

 

 

 

2 – Num primeiro momento, George Lucas pretendia que Yoda fosse interpretado por um macaco. O animal seria treinado para carregar a bengala e usaria uma máscara. Ao abandonar o plano, Henson entrou em ação e criou o primeiro fantoche motorizado da história do cinema.

 

 

 

 

3 – Originalmente, o Episódio VI de Star Wars tinha recebido o título de “A vingança de Jedi”, e não “O retorno do Jedi”. Há registros, inclusive, de trailers e cartazes produzidos com o nome original. Outra curiosidade é que, para evitar confusão entre os dois filmes, os produtores de Star Star Trek II mudaram o título de “A vingança de Khan” para “A Ira de Khan”.

 

 

 

 

4 – Na gravação da cena no compactador de lixo espacial (Star Wars: Episódio Iv – Uma Nova Esperança), Mark Hamill prendeu a respiração por tanto tempo que acabou estourando um vaso sanguíneo em um dos lados de seu rosto. Foi preciso ajustar o enquadramento durante o resto da filmagem da cena para não mostrar a mancha.

 

 

 

 

5 – A língua que Greedo fala nos filmes é, na verdade, um idioma da América Latina chamado Quechua.

 

 

 

 

6 – Não deve ser nada fácil encenar duelos com o sabre de luz sem se empolgar… Em Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, Ewan Mcgregor não conseguiu se conter e emitiu sons com a boca enquanto lutava. Hayden Christensen fez igual e deu o mesmo trabalho para a equipe de pós-produção, que teve de corririr as cenas e retirar todos os barulhos por meio de edição.

 

 

 

 

7 – Em todos os filmes da saga, o número 1138 aparece ou é mencionado em alguma situação. Trata-se de uma referência ao Thx 1138, um dos primeiros filmes de George Lucas. Em Star Wars: O Despertar Da Força, por exemplo, o número aparece nos binóculos usados no início do filme. Na imagem, de Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, aparece num Droid de batalha.

 

 

 

 

8 – Originalmente, era para um exército de wookiees ajudar Endor em Star Wars: Episódio Vi – O Retorno De Jedi. Porém, George Lucas queria usar um animal menor. Foi assim que nasceu o Ewok. Curiosamente, a palavra que nomeia a raça dessas criaturas nunca foi pronunciada em voz alta em nenhum dos filmes da saga.

 

 

9 – Você sabia que Daniel Craig fez uma participação em Star Wars: O Despertar Da Força? O astro de 007 Cassino Royale era o Stormtrooper que aparece na cena em que Rey (Daisy Ridley) é capturada pela Primeira Ordem. A voz dele precisou ser modificada para ficar mais robótica. Quando surgiram os boatos sobre sua participação, o ator que interpretou James Bond declarou, com muito sarcasmo: “E por que eu me preocuparia em fazer algo assim? Que inferno! Pffff. ‘Fazer uma ponta em outro filme…'”.

 

 

 

 

10 – A cena em que Luke Skywalker é ferido por um Wampa só foi incluída no filme para justificar a cicatriz de Mark Hamill O ator sofreu um acidente de carro pouco antes de começarem as filmagens de Star Wars: Episódio V – O Império Contra-ataca.

 

 

Fonte: Cineclick

Compartilhe

  • Temas

  • games
  • sustentabilidade
  • economia circular
  • e-lixo
  • esl
  • e-sport
  • drones
  • drone zone
  • cosplay
  • cosplaybr
  • mirante lab
  • arena do conhecimento
  • editora abril
  • palestra
  • influenciadores
  • youtube
  • greenktechshow
  • bienaldoibirapuera
  • musica
  • video
  • hit
  • desafio
  • beyou
  • terror
  • Cineclick
  • O Iluminado
  • A Autópsia
  • Os Outros
  • Silent Hill

Comente

“Greenk informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de Greenk gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”